Desde que vimos uma foto Algar de Benagil, que fica na cidade de Benagil no Algarve, ficamos super impressionadas e isso acabou motivando toda a nossa viagem! O Algarve é uma região ao Sul de Portugal, considerada a terceira mais rica do País. A região do Algarve ganhou em 2016 o prêmio de melhor destino praia. Lá é possível encontrar dias com sol quase o ano todo! A principal característica das praias do Algarve são as falésias e as grutas que se formaram com o tempo devido a erosão. Ao longo dos aproximadamente  200 km de costa vamos ver algumas das mais belas praias européias, entre elas a Praia da D. Ana e a Ponta da Piedade.

FPM_Algarve

Informações práticas:

Fomos de Lisboa até o Algarve, mais precisamente até Lagos, de trem e compramos os  bilhetes aqui no Brasil nesse sitePara passear pelas cidades do Algarve uma opção para quem não quer alugar carro é comprar o passe turístico oferecido pela EVA Transporte, que pode ser de 3 ou 7 dias e que dá direito a várias viagens de ônibus. De trem, muitas vezes a estação de comboios – como os trens são chamados em Português de Portugal – fica afastada do centrinho das cidades, bem como das praias. Nós decidimos não alugar um carro e fizemos uma parte de ônibus, outra de trem e, para ver o Algar de Benagil, nós contratamos um transfer particular em Lagos.

Lagos

Curta nossa página no Facebook!

Nossa primeira base foi na cidade de Lagos. Fizemos o trajeto de Lisboa até Lagos de trem, numa viagem que durou 3:45h, com uma baldeação na cidade Tunes. Em Lagos, a estação ferroviária ficava bem perto do centrinho, separada apenas por uma ponte que é muito fácil de ser atravessada a pé.

Nós ficamos hospedadas por 2 noites no Hotel Marina Rio, super bem localizado, perto da ponte, em frente à baía, ao lado da rodoviária e também perto do centro histórico. O hotel era simples, mas com um quarto confortável e  um café da manhã bem gostoso. Na recepção, os funcionários bem atenciosos conseguem agendar transfer ou até pequenas excursões pela região.

FPM_Algarve

FPM_algarve

+ Veja mais hotéis em Lagos

A cidade de Lagos já foi a capital do Algarve antes de Faro. A região é muito importante historicamente por ter sido o berço dos descobrimentos portugueses  por sua localização estratégica bem do lado oposto à costa Africana. O estuário de Bensafrim atraiu colonizadores e invasores estrangeiros. O Infante D. Henrique trouxe fama para a região fundando a escola de navegação na vizinha Sagres. Residiu e construiu as caravelas e hoje na marina está uma réplica da caravela Boa Esperança. O colonizador Gil Eanes foi o primeiro a dobrar o cabo Bojador em 1434. Ele partiu da cidade em busca de terras e fortuna e voltava com suas caravelas repletas de riqueza e escravos  transformando a cidade de Lagos num entreposto comercial com a África.

O que fazer em Lagos:

Resolvemos ficar em Lagos pois vimos que as praias da região eram lindas e as mais acessíveis para quem optou por viajar sem carro. As praias mais famosas são Dona Ana, Camilo e a Ponta Piedade, um pontal com falésias incríveis além da Meia praia e Praia do Batata.

A marina de Lagos é super perto da estação de trem e da rodoviária e é que lá ficam várias barraquinhas que vendem os passeios de barcos e também uma feirinha.

FPM_Algarve

Avenida dos Descobrimentos – avenida principal em frente à baía. Aqui fica a loja da empresa que nós contratamos para nos levar à Gruta de Benagil, a Happy Time Turismo (eles pronunciam “api time”, o H é mudo) – Av dos Descobrimentos 43-B. Foi com eles também que fizemos um passeio de barco para ver as grutas da região. O passeio de barco pelas grutas é um programa obrigatório, são lindas!

FPM_Algarve

Mercado Municipal de Lagos (segunda a sábado 8/14h) – Andando na Av. dos descobrimentos no sentido das  praias, do lado direito fica o mercado.

Praça Gil Eanes – um pouco mais à frente fica a rua que dá acesso ao centro histórico. É nessa praça que fica o Posto de Turismo de Lagos. O centrinho de Lagos é super charmoso, cheio de lojinhas, bares e restaurantes.

Mercado de Escravos e Igreja de Santa Maria- Se continuar na Av. dos Descobrimentos, passando a entrada para a Praça Gil Eanes um pouco mais à frente, entre na Praça Infante Dom Henrique para ver o antigo mercado de escravos, na esquina com a Rua da Sra da Graça (aberto de 10/12:30 e de 14h/17:30h) e a Igreja de Santa Maria.  Este pequeno museu funciona num prédio histórico onde acontecia o comércio de escravos no passado. No piso térreo hoje funciona uma galeria de arte.

FPM_Algarve

Igreja de Santo Antônio – Depois continue na mesma Praça Infante Dom Henrique até encontrar a Rua Henrique Correia da Silva. Com uma curta caminhada chegará à Igreja de Santo Antônio, um belo exemplo do barroco Português, com seu interior ornamentado contrastando com seu exterior bem simples.

Castelo de Lagos – está localizado em frente ao mar e pouco resta da fortificação inicial que foi muito afetada no terremoto de 1755.

Indo à praia em Lagos

A Praia da Batata e a Praia dos Estudante  são praias acessíveis a pé e ficavam bem perto do nosso hotel Marina Rio. O acesso também é pela Avenida dos Descobrimentos.

Na Praça Infante D. Henrique é onde podemos pegar o ônibus local que se chama A Onda. A Linha 2 – Onda Azul é a que nos leva para Praia Porto de Mós e D. Ana. Compramos o bilhete diário que custava 3,60 euros, podendo subir e descer quantas vezes quiser. Essa linha faz o trajeto de ida e volta indo até a praia de Porto de Mós de um lado e depois até o Forte da Meia Praia do outro.

Pegamos primeiro o ônibus no sentido da praia Porto de Mós. Nossa primeira parada foi na praia Dona Ana, que tem um mirante bem no ponto de desembarque do ônibus. A praia é linda com falésias circundando! Desta praia saem os barcos para a Ponta da Piedade, um passeio que dura 40 minutos e custa 12,50 euros. Esta praia foi considerada uma das mais belas do mundo pela revista espanhola Condé Nast Traveller.

FPM_Algarve

FPM_Algarve

A última parada do ônibus é na praia Porto de Mós, e nós aproveitamos o passe de ônibus de dia todo pra ir até lá conhecer. Ela fica dois pontos depois da D. Ana. Tínhamos levado um lanche na bolsa e aproveitamos para fazer um piquenique 😉

FPM_Algarve

Na volta, pegamos o ônibus no outro sentido e fomos até o final da linha conhecer o Forte da Meia Praia. Essa é bem diferente das outras. Do lado de cá da ponte, não tem falésias, é uma faixa de areia mais extensa e com pequenas dunas.

FPM_Algarve

O que achamos? As praias são super bonitas! São praias de areia, como estamos acostumados no Brasil, a água é calma, clara, gostosa, com um tom azul esverdeado lindo e o visual é incrível com as falésias em volta! Foi super fácil visitar as praias de ônibus.

Outra praia famosa por lá é a Praia do Camilo, que fica um pouco distante da estrada principal e acabamos não indo. O ônibus não passa por ela, mas tem um trem turístico que passa por lá.

Finalmente visitando Benagil

Já falamos que Benagil era o grande motivo da nossa viagem ao Algarve, né? Como viajamos fora da alta estação (fomos em Maio), não era tão comum passeios de Lagos para Benagil. O que fizemos foi contratar um transfer com a Happy Time até a praia de Benagil. A própria dona nos levou no carro dela. Tivemos tempo para aproveitar a praia, fazer o passeio de barco e ela ainda nos mostrou várias coisas no caminho. Já na praia, contratamos o passeio para as grutas da região com a empresa Taruga Tours, que incluía, claro, o Algar de Benagil – o Algar é uma cavidade natural formada pela erosão do vento e da água e ele é de tirar o fôlego!  

FPM_Algarve

FPM_Algarve

A praia tem areia fina, águas calmas e está rodeada por falésias. Bem na entrada da praia ficam os barcos que fazem o passeio e os caiaques também. Os passeios lotam e é bom chegar cedo. Se quiser ver só o Algar pode ir de caiaque são apenas 5 minutos remando a partir da praia de Benagil – o aluguel custa 25 euros uma hora para duas pessoas.

FPM_algarve

Nós fizemos o passeio de barco pois eles levavam para mais ver mais formações de falésia, inclusive uma que tinha o formato de um elefante, mas o mais impressionante foi mesmo o Algar de Benagil. Esse passeio pode ser feito também a partir de Carvoeiro ou Portimão.

FPM_Algarve

FPM_Algarve

O algar tem um furo no teto formado pela erosão e estar dentro dele é indescritível! Valeu toda a viagem! 

Faro

Faro é a capital do Algarve, hoje uma cidade cosmopolita, mas sempre foi um importante centro comercial de trocas devido à sua localização na foz do estuário. Possui um aeroporto que liga a cidade às principais cidades da Europa. De trem, o percurso de Lisboa até Faro é feito em aproximadamente 3 horas e a estação ferroviária fica a poucos minutos de caminhada do centro histórico. De Lagos para Faro é possível ir tanto de trem como de ônibus. Como nosso hotel em Lagos ficava ao lado da rodoviária, escolhemos ir de ônibus. A viagem dura aproximadamente 2 horas e custa 6,20 euros (tarifa de janeiro de 2019). Você pode pesquisar os horários aqui

Faro está localizada no Parque nacional da Ria Formosa, com 60km de extensão formado por lagoas, dunas e praias, formando um grande pântano. Na ilha de Faro podemos encontrar uma boa estrutura com bares e restaurantes. Suas ruas estão repletas de laranjeiras e seu centro histórico está bem preservado. A praia não fica bem no centro da cidade, para ir para as praias mais bonitas, o melhor é pegar algum passeio.

FPM_algarve

Em Faro nos hospedamos por 2 noites numa pousada bem simples,  mas também barata e super honesta e limpa, a Residencial Avenida. É bem próxima à estação de trem e à rodoviária e dá pra fazer tudo a pé em Faro.

FPM_Algarve

FPM_Algarve

FPM_Algarve

+ Veja mais hotéis em Faro

O que fazer em Faro:

O centro histórico é cercado por muralhas e há várias entradas, a mais tradicional é o arco da vila.

Catedral da Sé – um dos edifícios históricos mais importantes de Faro, também conhecida por Igreja da Sé ou Igreja de Santa Maria.

FPM_Algarve

Museu Municipal de Faro – Praça Dom Afonso III 14 – o museu conta as origens e histórias de Faro

Capela dos Ossos – fica na parte traseira da Igreja do Carmo e é forrada com os crânios e ossos de mais de 1250 esqueletos de monges

Rua de Santo Antônio – decorada com a tradicional calçada portuguesa, abriga diversas lojas, restaurantes, confeitarias regionais, e  cafés charmosos.

Bar O Castelo  No fim do dia, curtimos o pôr do sol da Ria Formosa neste bar, com drinks e petiscos. A vista é imbatível!

FPM_Algarve

FPM_Algarve

Loja Retalhos de Portugal (produtos típicos) – Praça Dom Francisco Gomes 16 – Nesta loja compramos as famosas sardinhas coloridas de Bordallo Pinheiro, mas lá também tem sardinhas em lata e outros artigos de artesanato português.

 

Fonte: site Bordallo Pinheiro

Albufeira

Albufeira está localizada a pouco mais de 1 hora de Lagos e a mais ou menos 30 minutos de Faro. Sua costa é repleta de falésias de cor cobre e suas praias satisfazem todos os gostos. Barcos fazem o passeio pelos rochedos desta costa montanhosa e um bem interessante é o da Praia do Peneco e a Marina de Albufeira. São três grandes praias: a dos Pescadores, do Peneco e Inatel.  O casario em Albufeira lembra as ilhas gregas e o centro histórico é todo com casas caiadas e ruas estreitas que desembocam numa pracinha. Há por ali vários cafés, bares e lojinhas. O local de agito é a Avenida Central. A Avenida dos Descobrimentos cerca o centro histórico e tem uma bela vista da baía de Albufeira.

FPM_algarve

Passamos apenas o dia em Albufeira, mas foi o suficiente para curtimos a praia e flanar um pouco pela cidade. O mais curioso em Albufeira foi a escada rolante na praia, utilizada para subirmos para a cidade.

FPM_Algarve

Fomos de Faro para Albufeira de ônibus. A tarifa custa 4,90 euros (preço de janeiro de 2019) e viagem dura 50 minutos no ônibus Transrápido.

O que achamos de Albufeira? Muito turística e com muitos bares tocando música alta – como não somos de muuuito agito, não amamos. Preferimos as praias de Lagos!

+ Veja aqui hoteis em Albufeira 

Depois do Algarve, voltamos para Lisboa, para curtir um pouco mais a capital portuguesa! Veja mais sobre Lisboa:

Onde comer e beber

Lisboa bairro a bairro: Baixa e Terreiro do Paço

Lisboa bairro a bairro – Chiado e Bairro Alto

Lisboa – Museu Nacional do Azulejo

Lisboa bairro a bairro: Alfama e Graça

Lisboa bairro a bairro: Belém

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.