Cinque Terre

As Cinque Terre são cinco vilarejos medievais encravados em um trecho da costa rochosa da Liguria, que é uma região localizada na costa noroeste da Itália. Os vilarejos são banhados pelo golfo de Gênova, que é a capital dessa região. Todos os cinco vilarejos são tombados pela UNESCO. As Cinque Terre são: Monterosso al Mare, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore. Antigamente essas aldeias só podiam ser alcançadas pelo mar e ainda hoje não existe uma estrada que una todas. Existe uma trilha que pode ser percorrida à pé, a Sentiero Azzurro,  e ela segue pela costa ligando as vilas. Desta trilha podemos avistar os vinhedos onde são cultivadas as uvas que fazem o vinho branco típico da região, o vinho Cinque Terre.

Preparando a viagem:

Como já contamos num post anterior, nosso primeiro destino dessa viagem para a Itália foi Florença. Como decidimos não alugar um carro, fizemos o trajeto Florença – La Spezia, a cidade eleita para ser nossa base para conhecermos as Cinque Terre, de trem! Querem saber o motivo da escolha? La Spezia é uma cidade  portuária e é de onde parte o barco para  as ‘Terres’ e também vários navios de cruzeiros aportam por lá.

É a maior cidade da região e possui mais opções de hotéis e restaurantes e, claro, a facilidade de locomoção com os trens que partem de lá para várias cidades da Itália é outro atrativo.  A estação de trem não fica afastada do centrinho da cidade e o percurso pode ser feito tranquilamente à pé, mas na saída da estação também existe uma parada de táxi.

Onde ficar em La Spezia

Curta nossa página no Facebook!

Nos hospedamos no B&B Marée, muito bem localizado e simplesmente maravilhoso. O quarto ficava num apartamento charmoso em estilo belle époque que possuía quatro quartos, uma saleta onde era servido o café da manhã e uma sala de estar, que se quiséssemos poderíamos usar. A cozinha ficava fechada, mas nos quartos tínhamos frigobar e cafeteira. Não conseguimos um quarto com banheiro, porém o nosso banheiro ficava em frente ao quarto e nós tínhamos a chave – era só para nosso uso. O quarto era enorme, super bem decorado e limpíssimo. O café da manhã farto, delicioso e servido com muito capricho. O detalhe que fez toda a diferença foi a atenciosa gerente do local, Samanta, sempre preocupada em nos agradar e fornecer informações úteis para os nossos passeios.

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Nossa estadia em La Spezia foi de 3 noites. Chegamos de tardinha no primeiro dia e ainda deu tempo de vermos o pôr do sol no porto e comermos um maravilhoso prato de frutos do mar com um excelente vinho branco da região no restaurante Dai Pescatori. Este restaurante foi uma dica da gerente do hotel, e conforme ela havia dito o local estava com uma fila gigantesca na porta, mas não desista pois vale cada minuto de espera! É um restaurante simples, estilo buffet, mas barato e gostosíssimo!

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Já os outros dois dias, um usamos para visitar as Cinque Terre e, no outro, fomos a Portovenere.

La Spezia

A cidade de La Spezia  é plana e bem calçada, possui um comércio bom e várias opções de restaurantes. No porto, há muitas opções de barcos para passeio. Além disso, há também um centro histórico com vários museus e igrejas para serem visitados. Gostaríamos de poder ficar mais um dia para explorarmos mais a cidade, mas ficou anotado para uma próxima vez!

A Via dei Priore é um calçadão de pedestres que começa na rua perto da estação de trem e nos leva à beira mar e está repleta de lojinhas, cafés e restaurantes. Outra rua interessante é a Corso Cavour.

Na outra noite que ficamos em La Spezia fomos à Pizzaria Il Tritico, na via Felice Cavalotti. Tomamos um aperol e comemos uma pizza com burrata, molho pesto e mozarela de búfala, tudo uma delícia!

Cinque Terre

E na última noite, fizemos um programa tipicamente italiano: tomamos um drink no happy hour. Pedimos um Aperol, que nós adoramos e como vocês podem ver na foto, os italianos adoram uma fartura! Olha a quantidade de aperitivos que vem junto do drink. DE GRAÇA! Pagamos 6,00 euros por cada Aperol no Caffe Centrale.

Cinque Terre

Para fechar as noites em La Spezia, fomos na deliciosa Gelateria Vernazza, também dica certeira da Samanta.

Cinque Terre

Cinque Terre

Visitando as Terre

Cinque Terre

É possível visitar as “terres” de duas maneiras: de trem e de barco. Todos os dois têm a opção de passe para o dia inteiro podendo saltar e pegar o próximo. O ideal é eleger uma base e nós resolvemos ficar em La Spezia, como já explicamos anteriormente, mas a base pode ser em uma das Terre também ou na cidade de Gênova. Para ficar em uma das Terre, as pessoas normalmente escolhem Monterrosso al mare, que é a que tem a maior faixa de areia na praia.

Nós optamos por fazermos a ida de barco e a volta de trem. Compramos o bilhete de barco somente de ida com direito a parar em todas as terre (andata con tutte le soste) que custou 26 euros em 2017. Pegamos todas as informações dos barcos que partem de La Spezia pelo App cinque terre & beyond. Realmente indicamos que, se possível, façam esta escolha também! A visão que se tem do barco na chegada aos vilarejos é impactante e você não vai tê-la se for de trem, pois as estações são em lugares opostos! O barco foi subindo na direção do vilarejo Monterroso al Mare e nós fomos descendo em cada porto até o final e depois pegamos o trem para Corniglia, onde o barco não consegue aportar.

Cinque Terre

A paradas do barco em ordem são: Riomaggiore, Manarola, Vernazza e Monterosso al Mare.

Obs: os barcos só funcionam de abril até final de outubro.

Riomaggiore

Em Riomaggiore fizemos uma parada na rua principal para comermos o petisco muito comum na região que são os “frites”, uma seleção de vários tipos de frutos do mar fritos servidos em um cone de papel. Tem várias opções, mas nós pedimos um que tinha uns peixinhos bem pequenos, uns mini polvos, camarão peixe e lula. Imperdível!  E, o melhor, o petisco harmonizou muito bem com a taça de vinho branco típico da região que nós compramos. A vila é uma graça, a praia tem pouca areia e muita pedra. Riomaggiore está ligada a Manarola pela  famosa “Via dell’Amore” (uns 15 minutos de caminhada) – este caminho estava fechado quando fomos, mas parece ser lindo, é bom verificar quando for. 

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Manarola

A próxima parada foi em Manarola, que é a mais antiga das vilas. Logo da pracinha na chegada dá para avistar lá no alto a Igreja de San Lorenzo, que é o padroeiro da vila. Ela foi construída em 1338.

Cinque Terre

Cinque Terre

Vernazza

Vernazza é considerada uma das mais prósperas. Suas ruas são ligadas por degraus ou “arpaie” e arquitetura da cidade é muito elegante com arcadas e portais. É aqui também que são cultivadas as uvas que produzem o vinho Vernaccia típico da região nos vinhedos nas encostas rochosas.

Cinque Terre

Cinque Terre

Monterrosso al mare

Monterrosso al mare é a maior das cincos vilas e dá para uma baía com praia de areia bem larga e que se estende da estação ferroviária até o centrinho. Aqui resolvemos fazer uma parada para o almoço na Cantina di Miky que ficava bem em frente à praia.

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Sentadas de frente para a praia com uma comida maravilhosa fechamos a parte do passeio de barco muito bem.

Em Monterrosso al mare compramos a passagem de trem para voltar. Primeiro paramos em Corniglia e daí fomos direto para La Spezia. Se você vai fazer como a gente e fazer só essas duas paradas, compre somente as duas passagens separadas e não o passe de dia todo (cada trecho de trem foi 4 euros). O preço não compensa!

Corniglia

Corniglia fica bem no centro das Cinque Terre e é a menor de todas. É um vilarejo agrícola, está edificada no alto de uma colina a 100 metros do nível do mar e  parece ter parado no tempo.

A estação de trem fica longe do centrinho e para se chegar lá é preciso encarar uma escadaria com mais ou menos 371 degraus e mais 33 rampas – ou então tem a opção de pegar um shuttle para chegar ao topo, pois este vilarejo não possui beira mar. O shuttle custava 2,50 cada trecho em 2017. Para quem comprou o passe de trem para o dia todo, o shuttle está incluso!

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Em todas as “terre” vamos encontrar os produtos locais para comprar ou degustar: a região é produtora de ótimos vinhos brancos, dos limões sicilianos, sorvetes, os frutos do mar e, por estar muito perto de Gênova, o famoso pesto genovês!

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Cada um dos vilarejos possui uma característica e nós não saberíamos afirmar qual cativou mais nosso coração.

Portovenere

Existe mais um vilarejo, Portovenere, que fica na direção contrária à subida para as “terre”, o barco tem uma  parada lá . Este vilarejo medieval  os turistas consideram como a sexta terre, mas os locais não concordam. Porto Venere  honra seu nome que é derivado de Vênus, a deusa do amor. É com certeza um dos mais românticos vilarejos da costa da Liguria, com um emaranhado de ruas estreitas e casas em tom pastel.  Na parte alta do vilarejo  fica a igreja de San Lorenzo e um castelo onde hoje funciona um museu e foi em volta dele que a cidade cresceu. Do alto temos uma vista das Cinque Terre e da pequena ilha de palmaria. Portovenere nos encantou e recomendamos a visita, o emaranhado de ruelas do vilarejo é lindo.

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Aqui paramos para  almoçar no Portivene, restaurante pequeno mas lindinho e muito gostoso, escondido nas ruelas da cidade. Dica: peça o vinho da casa que é delicioso, aproveite para provar o troffie, massa típica da região, e não deixe de pedir o sorvete de basílico, é surpreeendente!

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Cinque Terre

Podíamos ter feito este passeio no mesmo dia que fomos as cinque terre, mas seria bastante corrido e cansativo e preferimos curtir o fim do dia em La Spezia. Então no dia seguinte  pegamos um ônibus para Porto Venere. O ônibus é o P ou o 11 e o bilhete é vendido nas bancas de jornal e casas lotéricas (custava 2,50 euros cada bilhete em 2017).

Depois das Cinque Terre, partimos para a Sicília! Então acompanhem aqui para mais dicas!

4 COMENTÁRIOS

  1. Olá! Vou salvar as dicas para uma viagem futura! Vocês acharam muito corrido conhecer as cinque terre em um único dia? A opção de hospedagem também em La spezia deve ser mais barato, vou considerar também!

Deixe uma resposta