Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

Quando estávamos planejando a viagem à Toscana, decidimos fazer base em Florença e de lá fazermos alguns bate e voltas. Dentre os bate e voltas, 2 eram certezas: ir a Montalcino provar o famoso Brunello di Montalcino e visitar também uma vinícola de Chianti. Afinal, não é todo dia que podemos provar vinhos italianos in loco, né? Hoje vamos falar sobre nosso bate e volta até Montalcino!

Não sabe onde ficar em Florença? Faça sua busca do seu hotel aqui!

A Região do Val d’ Orcia

A região do Val d’ Orcia é atravessada pelo rio Orcia, que dá o nome ao vale. Esta área é um parque preservado e reconhecido como Patrimônio Mundial pela UNESCO e onde encontramos muitas cidades medievais, casas rurais, fortalezas, paisagens lindas e vinhos deliciosos.

Curta nossa página no Facebook!

Além da cidade mais famosa da região que é Montalcino, outras cidades que estão a 30 min de distância dela e que fazem parte do Val d’Orcia são: San Quirico d’Orcia, Pienza, Buonconvento, Montepulciano Castiglione D’Orcia (Rocca D’Orcia) e Bagno Vignoni (tem uma fonte com água termal e banhos gratuitos).

Gastronomia da região: queijo pecorino, mel, azeite, salame de Cinta Senese, cogumelos, trufas e a estrela  o vinho Brunello.

Alugando um carro para ir a Montalcino

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

Estávamos em Florença e para o passeio à cidade de Montalcino resolvemos alugar um carro por um dia.  Ano passado tínhamos alugado um carro com a Sixt através na rentalcars.com para passear na provence e gostamos muito. Desta vez optamos pela Locauto, que estava com o melhor preço. Então já saímos daqui com o carro alugado. Escolhemos o local para pegá-lo e lá só pagamos o seguro total que cobre qualquer dano no carro, pois achamos imprescindível (sim, já precisamos pagar por um conserto e pagamos uma fortuna! Então nosso conselho é: façam seguro)! O aluguel do carro custou U$13,00 por 1 dia (alugando via rentalcars.com pegando e devolvendo no centro de Florença, com direito a upgrade gratuito – alugamos um Fiat Panda e recebemos um Audi!) e o seguro total pago direto na Locauto foi 15 euros. Além disso, pagamos mais 21 euros para encher o tanque antes de entregar o carro no fim do dia. Preferimos pagar o seguro direto na locadora, pois o seguro na Rental Cars funciona com reembolso, ou seja, se algo acontecer, você paga e depois é reembolsado. direto com a locadora, você não precisa pagar mais nada. Se acontecer qualquer coisa, você já está coberto. Como estávamos com telefone com chip de dados, não pedimos GPS. Usamos Google Maps no telefone e funcionou super bem!

Montalcino e seu famoso Brunello

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

O vilarejo de Montalcino é famoso por seu vinho, o Brunello. Montalcino fica no alto de uma colina entre os vales do Rio Ombrone e está 564m acima do nível do mar. Ele está a 109 km de Florença vindo pela via Cassia na direção de Roma. A viagem é super tranquila numa estrada bem agradável. Existem duas hipóteses para o nome da cidade: uma seria que ele é derivado de Mons Licinus (bosque santo) e outra que seria derivado do latin Mons (monte) e ilex (leccio) formando monte dei Lecci que é uma planta muito comum na região. Durante os séculos XII e XV, o vilarejo foi o centro de disputa entre Florença e Siena. Na estrada que nos leva a Montalcino podemos ver os campos e as vinhas de um dos vinhos mais requintados e caros da Itália.

Em meados de setembro acontece a colheita da uva Sangiovese Grosso que é 100% utilizada na fabricação do vinho Brunello. Os vinhos possuem D.O.C.G. (Denominazione di Origine Controllata e Garantita – DOCG) ou DOC (Denominazione di Origine Controllata) e além do Brunello também são fabricados com ela o Rosso de Montalcino, um vinho jovem com apenas 1 ano de envelhecimento, e o Vin Santo e o Moscadelo, que são dois vinhos doces.

Mas Montalcino não é só produção de vinho, seu centro histórico é bem preservado e uma graça. O que ver por lá:  

  • A Fortaleza ou Rocca, que foi construída em 1361, quando a cidade esteve sob domínio de Siena. Da muralha se tem uma excelente vista do Monte Amiata e Val d’Orcia.

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

  • O Palazzo dei Priori, a Torre dell’Orologio e Piazza del Popolo;

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

  • Igreja Madonna del Soccorso, em estilo renascentista dedicada à Maria;
  • DUOMO, Cathedrale del Santissimo Salvatore, do sec XI e em estilo neo clássico;

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

  • Piazza Garibaldi (onde vamos encontrar as informações turísticas)

 

Para conhecer a produção e degustar o Brunello di Montalcino:

Antes de chegarmos à cidade, fomos a Fattoria dei Barbi (Podernovi 170), que fica a aproximadamente 5,2km da cidade. A fattoria (fazenda em italiano) foi uma das primeiras a se estabelecer na cidade e a fabricar e exportar os vinhos Brunello.

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

Na visita, aprendemos que eles preferem a denominação de fazenda do que vinícola, pois acham que traduz melhor o espírito deles. Ao passear pela cidade de Montalcino, você vai se deparar com diversas lojas e restaurantes oferecendo degustações, mas valeu super a pena ter vindo antes na Fattoria dei Barbi e conhecer um pouco da história do Brunello e da uva Sangiovese.

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

A visita guiada custa €5,00, e acontece em 2 horários todos os dias (meio dia e 15:30), não precisa agendar e a degustação ao final é paga. Você pode escolher entre 4 degustações diferentes, que vão de 5 a 18 euros. Nós escolhemos a degustação que incluía 2 tipos de Brunello e um Rosso di Montalcino e pagamos 12 euros.

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

Junto dos vinhos, eles servem um pãozinho delícia com o azeite deles. Era tão gostoso o azeite que trouxemos uma lata pra casa! Os vinhos então, eram deliciosos! Ficaríamos a tarde toda ali tomando.

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

O ponto de venda da Fattoria dei Barbi abre de seg a sexta de 10/13hr e de 14:30/18hr e sábado e domingo de 11/13:30hr e de 14/18hr. Ao lado do ponto de venda, tem também uma trattoria onde se pode almoçar e degustar o vinho.

Para maiores informações, acessar o site: fattoriadeibarbi.it

 

Mais uma degustação rápida do Brunello di Montalcino

Não queríamos parar para almoçar na cidade, mas ainda tinha espaço para mais uma taça de vinho e um pouquinho mais da culinária local. Acabamos parando em um dos bistrôs que oferecia degustação e provamos mais 2 Brunellos, um prato de frios e queijos e Vin Santo e Moscadelo com cantucci (um biscoito doce e duro que se come molhando no vinho doce).

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

Freitas para o Mundo Brunello di Montalcino

Blogagem Coletiva

Esse post faz parte da Blogagem Coletiva #VinicolasPeloMundo, onde Blogs de Viagem de Pequenos Grandes Viajantes escreveram sobre uma vinícola visitada em qualquer país do mundo.

Não deixe de ler os outros posts:

 

16 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta