A gastronomia portuguesa tem o mar como sua fonte principal. Podemos saborear um simples peixe grelhado, uma caldeirada ou uma cataplana de frutos do mar que são outras formas de cozinhar o pescado. Muito comum também são as sardinhas na brasa e, claro, os pratos de bacalhau. Tem também os caracóis (bem pequenos) e as caracoletas (estes de um tamanho bem maior), normalmente degustados entre abril e início de setembro – um detalhe deste alimento é que ele é pouco calórico e rico em proteínas, ferro, zinco. Sim, eles são nutritivos!!! Experimente também o chocos, um molusco parente da lula. 

Outro prato bem conhecido é o cozido à Portuguesa que mistura carnes, legumes e embutidos. Ah, não poderíamos deixar de fora o leitão à pururuca da região de bairrada (esta região fica perto da cidade de Coimbra) que foi considerado uma das 7 maravilhas da gastronomia portuguesa. Esse foi um evento organizado em 2011 eleger as 7 maravilhas da gastronomia portuguesa. Além do leitão, foram eleitos o caldo verde, a sardinha assada, o arroz de marisco, a alheira de mirandela (um embutido feito à base de carnes na região da cidade de Mirandela), o queijo da serra da estrela e os pastéis de Belém. O azeite português de excelente qualidade está presente e integra a maioria dos pratos da culinária portuguesa.

Mas não podemos falar de tudo, pois não deu tempo (ou não tivemos coragem!) de experimentar todas essas iguarias! Vamos falar agora do que nós já comemos e achamos que você não pode perder!

Curta nossa página no Facebook!

1. Os queijos!

fpm_portugal_gastronomia_queijos

Há vários tipos fabricados com leite de ovelha, cabra, vaca ou mistura.  Com o intuito de preservar sua cultura foram criadas áreas de controle com origem protegida.  Um exemplo é o famoso queijo da Serra da Estrela, mas encontramos diversos outros tipos em outras regiões. Nosso preferido é o da Serra do Azeitão, cremoso e de sabor intenso, delicioso!  Este queijo é servido em quase todos os restaurantes na entrada e não é o mais caro.

2. Mazagran

fpm_portugal_gastronomia_mazagran

Café batido com gelo e limão. É uma bebida de origem argelina, porém os portugueses adoram e é vendida em quiosques na rua…  Nós tomamos o nosso na Praça do Comércio bem em frente ao Rio Tejo, num bar montado em um barco e gostamos bastante!

3. Ginjinha

fpm_portugal_gastronomia_ginjinha

Muito popular em Lisboa, a bebida é um licor obtido a partir da maceração da fruta ginja que é bem parecida com uma cereja. É muito comum ver os bares lotados de portugueses e turistas degustando a bebida.  É servida em um copinho tipo de café ou em um copo de chocolate e pode vir  com a fruta no fundo – “com elas” ou  “sem elas” que é puro. Cuidado ao beber, pois a frutinha vem com o caroço!

4. Prego

fpm_portugal_gastronomia_pregonopao

É o sanduba português de carne de vaca, encontrado em qualquer bar, restaurante e até mesmo no McDonald’s. A carne é um bife fininho bem batido – como um prego! – e talvez aí esteja a origem do nome. Trata-se de um sanduiche de pão com carne servido com o molho da própria carne. Na versão empratada, é comum vir acompanhado de fritas.

5. Pastéis de bacalhau

fpm_portugal_gastronomia_pasteldebacalhau

São os nossos bolinhos de bacalhau, mas enormes, recheados com queijo da serra e servidos quentes! Para os portugueses um sacrilégio, porém eles estão fazendo um sucesso e são uma delícia!

6. Bacalhau

fpm_portugal_gastronomia_bacalhaucommigas

“Há mais receitas para o bacalhau em Portugal do que dias tem um ano”, diz o ditado popular nas terras lusitanas. Você pode comer bacalhau à Gomes de Sá (cortado em pequenas lascas e cozido com azeite, alho, cebola, acompanhado com azeitonas pretas, salsa e ovos cozidos), Zé do Pipo (gratinado com maionese e purê de batatas), ao Brás (bacalhau desfiado com cebola e batata palha, ovo, azeitonas e salsa), com natas, com migas, à lagareiro – você só não pode deixar de provar bacalhau por lá!

fpm_portugal_gastronomia_bacalhauabras

fpm_portugal_gastronomia_bacalhaucomnatas

7. Arroz de Pato

fpm_portugal_gastronomia_arrozdepato

Um arroz molhadinho com pato desfiado e fatias de chouriço. O pato é cozido até estar desfiando, suave quando chega à boca.

8. Francesinha

fpm_portugal_gastronomia_francesinha

O prato é típico e originário da cidade do Porto e é para os fortes de estômago, pois é uma bomba calórica! É um sanduíche recheado de linguiça, presunto, mortadela e bife, coberto por queijo e acrescente um ovo frito de gema mole. Vem com um molho de tomate e carne na cerveja e piri piri (um mix de pimentas) bem quente pra você jogar por cima e derreter todo o queijo. Ah, claro, vem com batatas fritas! Nós adoramos! É quase um X-tudão, mas tem um charme e gosto irresistíveis.

9. Doces

fpm_portugal_gastronomia_pasteldenata

Não podíamos esquecer deles! Os famosos doces portugueses têm suas raízes nos conventos, onde eram preparados e a maioria é feito à base de ovos. Quem nunca ouviu falar nos pastéis de nata (ou de Belém), nas barrigas de freiras, nos ovos moles, etc. Para nós, os pastéis de nata realmente são o melhor doce português. Não gostamos de nenhuma outra sobremesa por lá, mas os pasteis de nata… Comemos em quantidades absurdas!!!

10. Conservas

fpm_portugal_gastronomia_conservas

Você vai encontrar conservas de todos os tipos de pescado – atum, salmão, sardinha, bacalhau – tem pra todo gosto! Não deixe de levar algumas pra casa, são deliciosas!

Se você esperava sardinhas e caracóis nessa lista, sentimos muito decepcionar… rs Não tivemos coragem de provar nem caracóis nem caracoletas e não suportamos o cheiro de sardinha!

Em breve, um post com dicas de onde comer todas essas delícias! 😉

E se você ainda não viu, leia aqui nossas dicas práticas sobre Portugal!

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta