Mesmo que seja a sua primeira vez em Paris, reserve um tempo para conhecer um parque e fazer um típico passeio dos franceses. Independente da época do ano, até mesmo no inverno rigoroso, sempre podemos encontrar pessoas se exercitando, famílias passeando com seus bebês todos enrolados ou simplesmente apreciando os lagos e fontes, muitas vezes até congelados. Sempre que vamos a Paris escolhemos alguns para conhecer ou rever. Em Novembro de 2013, em pleno outono mas com média de temperatura em torno dos 5 graus, resolvemos arriscar e valeu a pena. Apesar do frio deu para curtir bastante, somente não fizemos nenhum piquenique. Fomos em 03 parques: Promenade Plantée, Parc Buttes Chaumont e Parc Monceau.

Promenade Plantée ou  La Coulée Verte

promenade_plantee_01

Curta nossa página no Facebook!

promenade_plantee_02

Uma antiga linha férrea desativada em 1969, que foi transformada em um parque suspenso. São 4,5 km de extensão atravessando todo do 12º arrondissement. Começa logo adiante do Opera Bastille, seguindo a Av Daumesnil até o Jardin Reuilly, que é um dos pontos do percurso mais procurado para piquenique em dia de sol ou mesmo para colocar a leitura em dia. O caminho  possui ciclovias e é todo  ladeado por vegetação e em  diversos pontos  há bancos para descansarmos as pernas. O parque passa por cima do Viaduct des Arts. Sob os arcos  ficam concentrados várias lojinhas, ateliers, cafés e restaurantes. Existem várias entradas  que podem ser por escada ou elevador. Aqui, como estávamos vindo de um brunch no Marché d’Alligre, avistamos primeiro o Viaduto, visitamos as lojinhas, e depois subimos por uma escada que ficava bem do lado. Conseguimos aproveitar bastante nossa caminhada matinal e pretendemos repetir na primavera ou verão, quando com certeza faremos o piquenique que ficou faltando.

Le Viaduc des Arts
Le Viaduc des Arts

Maiores informações aqui.

 

Parc des Buttes-Chaumont

buttes_chaumont_01

buttes_chaumont_02

buttes_chaumont_03

Um dos mais bonitos parques de Paris, porém pouco visitado pelos turistas por estar no 19 º arrondissement. Construído em volta de um lago com uma ilha rochosa de 30 metros de altura no centro. Não é um parque plano, possui várias subidas, uma gruta e uma cascata. A subida até o topo da rocha é um pouco cansativa, mas vale o sacrifício. É o  local mais movimentado, ideal para fotos, onde fica o Temple de la Sibylle e de onde temos uma vista linda de Paris.

Para chegar lá, pegamos o metro até a estação Jaurès e depois a linha 7 bis, descemos na estação Buttes-Chaumont; a entrada do parque fica logo à direita. Assim que entramos, podemos logo ver o lago e sua rocha no centro. O parque possui outras entradas, mas achamos que este foi o melhor trajeto. Frequentado basicamente por franceses, vimos famílias inteiras passeando, noivas tirando fotos, muita gente jovem. Neste dia fazia muito frio, e depois de  muita subida e descida e muita caminhada paramos no aconchegante café Pavillon du Lac para tomarmos um vin chaud (vinho quente com especiarias) para nos esquentarmos e descansarmos nossos pés cansados. Aqui também é servido brunch nos finais de semana.

Maiores informações aqui.

 

Parc Monceau

parc_monceau_01

Localizado no 8ºarrondissement,  contruído em 1778, muito chique e elegante. Antes era um parque particular; seu dono criou um jardim de ilusões com pirâmide, colunas romanas  e esculturas. Foi confiscado na época da revolução e mais tarde, quando foi adquirido pela cidade de Paris, uma parte foi utilizada na construção de casas ao seu redor. Até hoje  viver em volta do parque é um privilégio.

Saltamos na estação Monceau e logo vimos o  portão de acesso, a impressão é de se estar entrando numa vila particular, ficamos imaginando quanto deve custar para morar por ali. Era uma manhã cinza e preguiçosa de segunda feira, mas não desistimos de fazer nossa caminhada matinal. O parque é lindo, super bem cuidado, com bastante opção de lazer  principalmente para crianças.

Saindo do Parque andando um pouquinho pelo Boulevard Malesherbes chega-se à Place de Saint Augustin e sua igreja e mais adiante à Place de la Madeleine e seu comércio chique, mas isto fica para um outro post.

Église Saint-Augustin
Église Saint-Augustin

Maiores informações aqui.

Esses foram os parques que escolhemos, porque já conhecíamos os mais famosos, como Jardin de Tuilleries, Jardin du Luxembourg, Jardin des Plantes, entre outros. Escolha o seu e divirta-se!

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.