Antes de começar com as dicas práticas, vamos te dar algumas razões para visitar Portugal:

  • primeiro de tudo é muito bom cruzar o Atlântico e encontrar pessoas falando a nossa língua!
  • Portugal foi considerado em 2015 como um dos melhores destinos com relação a qualidade/preço pela revista Lonely Planet, ou seja uma das viagens mais baratas dentro da Europa. E agora em 2016 ele foi o país europeu com o maior número de premiações no  World Travel Wards de 2016,  que é considerado o Oscar do turismo mundial. Madeira ganhou como a melhor ilha. O Algarve foi escolhido como melhor destino praia. Lisboa como o melhor destino de cruzeiro, sendo o porto da capital vencedor na categoria.
  • É um dos países europeus que possui o clima mais ameno e com um inverno não tão rigoroso.
  • A cia Aérea TAP (não estamos ganhando nada com isto, tá?) está dividindo a passagem em 10 vezes sem juros!

Se isto tudo ainda não foi suficiente para você se decidir, vamos atiçar a sua curiosidade a partir de agora.

Curta nossa página no Facebook!

Um pouco de história

Portugal está localizado no Sudoeste da Europa, na Península Ibérica bem ao lado da  Espanha, e do outro lado o Oceano Atlântico. Além da parte do continente ainda possui dois arquipélagos: o Açores e Madeira que são regiões autônomas.

Portus Cale foi nome que o Romanos deram à antiga cidade do Porto e que acabou originando o nome do país. Portugal foi pioneiro nas explorações marítimas na Era dos Descobrimentos e os grandes exploradores e marinheiros como o Infante D. Henrique, Bartolomeu Dias, Pedro Alvares Cabral e Vasco da Gama fizeram com que o reino de Portugal expandisse  seu território com grandes conquistas e vasto comércio.

portugal_post1_imperio

O império Português foi o primeiro a assumir proporções globais, possuindo possessões na África, América do Sul, Ásia e Oceania. Porém, com problemas na sucessão ao trono, acabou unido à Espanha e, a partir daí, com os mais diversos acontecimentos na história do país, como um terremoto em 1755, a perda do Brasil que foi sua maior colônia , invasões, instabilidades políticas e econômicas, etc.  veio o declínio, fazendo com que acabasse perdendo suas riquezas e status. Hoje Portugal, como outros tantos países, sofre com a economia globalizada, porém tem empregado esforços no sentido de seu crescimento.

É um país que fascina por sua nuances, onde se pode conhecer desde aldeias medievais até lindos vilarejos à beira mar com praias belíssimas e tudo isto regado a bons vinhos e excelente gastronomia!

 

Viajando por Portugal

A Cia aérea TAP tem voos diários saindo de Lisboa para várias cidades do País. Além disto Portugal tem uma excelente rede ferroviária que cruza o País inteiro.

portugal_post1_trem

O trem Alfa Pendular vai de Braga, no norte, até Lisboa, parando no Porto e em Coimbra ao longo do caminho. A partir de Lisboa, o trem ruma ao sul para as cidades costeiras de Albufeira e Faro na região do Algarve.  O trem é de alta velocidade e bem confortável. Completando o sistema ferroviário, tem as opções dos  trens regionais e os interregionais que fazem os percursos de curta distância entre as cidades.  As passagens podem ser compradas direto nas estações ferroviárias, mas nós  preferimos comprar direto no site da Cia de Comboios de Portugal, pois eles oferecem desconto para compra antecipadas. Em um dos trechos conseguimos 50% de desconto! Aqui o site para compra e informações.

 

Chip (Sim Card) para celular

portugal_post1_vodafone

Experimentamos dessa vez o chip da Vodafone, que possui um  quiosque próximo à saida do Aeroporto em Lisboa no terminal 1, onde a TAP opera. Tem também uma loja na área de embarque subindo as escadas rolantes. Solicitar o SiM Card pré pago, que é sem mensalidade! A operadora tem um plano de dados + SMS e outro que inclui voz. Nós optamos por comprar o de 5G pois a diferença para o de 2G era apenas de 5 euros. Custou 30 euros. Só compramos um e compartilhamos a internet pelo hostpot do iPhone. Infelizmente a operadora em Lisboa ainda não operava com um chip pré-pago que possibilitasse roaming pela Europa, então funcionava somente em Portugal Após a instalação do chip é necessário esperar um SMS de ativação antes de começar a usar, pois senão será cobrado avulso por MB e sai caro!!! Usamos por 15 dias em Portugal, tanto em Lisboa quanto no Algarve, compartilhando a internet nos 2 celulares e usando para postar fotos nas redes sociais, usar Google maps e sem nos controlar muito. Deu e sobrou! Achamos que valeu a pena.

 

Lisboa

portugal_post1_pessoa

Lisboa é a capital de Portugal e recebeu durante muito tempo influência de várias culturas e guarda até hoje nos bairros históricos um ar de aldeia. Mas Lisboa é ao mesmo tempo uma cidade cosmopolita e com acesso fácil a todas as capitais da Europa e nos oferece muitas atrações. Partindo da capital e indo para o Norte ou para o Sul vamos encontrar uma grande variedade de paisagens e cidades, verdadeiros patrimônios culturais, e isto tudo a uma curta distância.  Lisboa está cheia de novidades e visitantes. Vários bairros como Marvila, Santos e a famosa Praça do Comércio, entre outros, foram revitalizados trazendo muita novidade que merece ser explorada!

 

Onde ficar em Lisboa?

portugal_post1_hotelroma

Adoramos nos hospedar no Hotel Roma – Av de Roma 33 –  localizado em Alvalade, um  bairro super agradável com bastante opção de bares e restaurantes  no entorno.  A Avenida de Roma é uma das principais em Lisboa e o hotel fica a 25 minutos do aeroporto e a poucos minutos de caminhada da  estação de metro Roma que nos leva ao centro histórico, bem como a zona moderna de Lisboa, o Parque das Nações. O hotel também fica a poucos minutos de caminhada da estação ferroviária de Entrecampos e de Roma Aeeiro, de onde partem os trens.

Fizemos a reserva  do hotel como sempre pelo Booking.com.  Além da localização, gostamos muito do hotel que além do preço, possui quartos amplos e limpos e funcionários atenciosos.


 

Saindo do Aeroporto em Lisboa – metrô, ônibus e taxi

portugal_post1_aeroporto

  • De táxi ao centro da cidade você gastará no máximo 15 euros, mas cuidado preste bem atenção se o táxi que você pegou tem o taxímetro! Siga as placas no aeroporto para a área oficial de táxi para ter certeza que está pegando os táxis credenciados.
  • De metrô só achamos que valha a pena se estiver viajando sozinho e com pouca bagagem. Da última vez que estive em Lisboa experimentei e foi super tranquilo. No desembarque siga as placas que levam até o metrô. O bilhete unitário custa  1,40 .Vale lembrar que esta linha não passa nos destinos mais comuns do turista, por isso sempre será preciso trocar de estação. Dois exemplos: se o seu hotel fica na Baixa-Chiado, vai precisar trocar na estação Alameda para a linha verde (Cais do Sodré /Telheiras no sentido Cais do Sodré). Agora se o seu hotel estiver perto da Praça Marques do Pombal, troque na estação Saldanha para linha amarela (Alcântara/Odivelas no sentido Alcântara).
  • Aerobus é ônibus especial que ligo o  aeroporto ao Cais do Sodré, com 11 paradas no percurso (entre elas a Marques do Pombal, Av. Liberdade, Restauradores e Rossio que atendem bem a maioria dos viajantes). Os ônibus partem nos dias úteis a cada 20 minutos e nos finais de semana e feriados a cada 25 minutos. O serviço do ônibus Aeroporto – Cais do Sodré está disponível durante a semana no horário entre 7 e 23:20h e nos finais de semana e feriados 7 e 22:50h. No sentido Cais do Sodré – Aeroporto o horário é entre 7:40e 23h e nos finais de semana e feriado 7:45 e 23:10h.  E o preço da passagem é de 3,15 euros. Uma outra linha faz o trajeto para o Centro Financeiro.

 

Circulando em Lisboa

Caminhar pela região central da cidade no circuito clássico Baixa – Chiado – Bairro Alto – Alfama é a melhor forma de conhecer Lisboa. Porém, chega uma hora que sempre precisamos de um transporte, e Lisboa nos oferece um transporte público rápido e fácil!

Metrô

portugal_post1_metro

 

São somente 04 linhas identificadas por cor e as linhas se cruzam entre si  em pontos estratégicos, mas é o suficiente para nos levar aos principais pontos de interesse. Em qualquer estação de metrô existem máquinas que vendem os bilhetes e em algumas tem guichê com atendente. Nós compramos na estação do Aeroporto com um atendente que nos forneceu todas as informações.

O cartão tem um custo de 0,50 euros e este valor não é reembolsável. O cartão é individual e tem a validade de 01 ano, podendo ser recarregado. Existem máquinas nas estações, tanto para compra como para recarga.

O próximo passo foi  escolher o tipo de créditos que iriamos comprar. A opção que nós achamos mais vantajosa foi o bilhete diário que custa 6 euros e que permite utilizar por 24 horas o metrô, o elétrico, os ônibus e ascensores. Existem outros tipos de bilhetes, mas atenção: só podemos carregar com um tipo de crédito por vez e esperar zerar o cartão para trocar. Consulte o site ver as opções.

Existe um bilhete que engloba todos os transportes inclusive o transtejo e os comboios e valerá a pena comprar se pretender fazer passeios com este tipo de transporte. Se estiver viajando com mais pessoas, talvez valha mais  a pena usar o serviço de taxi, cujas corridas dentro da cidade não são caras. Ou então o Uber, que usamos por lá também é super fácil e barato!

Para alguns passeios precisaremos combinar o metrô com o ônibus ou elétrico (bondes) e os ascensores.

 

Elétrico

portugal_post1_eletrico

28 é o mais famoso bonde com sua carroceria amarela e com seu interior forrado em madeira, é um clássico! O bondinho passa por vários bairros históricos. Partindo da Praça Martim Muniz, ele sobe as ladeiras de Alfama, passa pela Baixa, Chiado e perto da casa de Fernando Pessoa. Só tome cuidado com os batedores de carteira que adoram o bonde pelos motivos óbvios, lotado de turistas! O bilhete avulso que pode ser comprado no bonde custa 2,85euros.

18E, linha Cais do Sodré – Belém, tem paradas em Belém e no Mosteiro.

15E, linha Praça da Figueira- Algés – esta linha vai também até Belém partindo da Praça da Figueira e tem paradas na Praça do Comércio e no Cais do Sodré. O preço é o mesmo do outro bondinho.

 

Transtejo

Uma opção de passeio barato pelo Rio Tejo, o ferry  é usado pela população para atravessar para a outra margem do Rio Tejo. Da Praça do Comércio (Terreiro do Paço) parte a linha Paço – Barreiro, porém esta estação final não é muito interessante.  Do Cais do Sodré, partem as linhas para Cacilhas, Montijo e Seixal. Não pegue a linha para Seixal pois a estação final não é interessante. A linha Cais do Sodré-Cacilhas (o preço é 1,20 euros e a viagem dura 12 min, os barcos saem a cada 15 min) leva até a bela vila de Cacilhas e no trajeto  podemos ver ao longe o Cristo Rei, uma estátua similar ao nosso cristo, só que em tamanho menor. Tem também a linha Cais do Sodré- Montijo que custa 2,75 euros. Montijo é uma vila bem bonitinha. Os terminais são bem modernos assim como os catamarãs. Indicamos o passeio pois além de descansar as pernas poderemos apreciar a vista de Lisboa do outro lado da margem, o que renderá lindas fotos! No site maiores informações.

Nos próximos posts, dicas de gastronomia e passeios por Lisboa e pelo Algarve! Aguardem! =)

5 COMENTÁRIOS

    • Você não pode deixar de comer uma Francesinha no Bufete Fase, ir na Galeria Paris (um bar retrô super cool), ir na Igreja dos Clérigos e ir a Vila Nova de Gaia visitar uma das vinícolas/ caves (indicamos a Taylor’s ou Graham’s). Bjks!

      • Muitíssimo obrigado. Estive ano passado por lá e fomos justamente na Taylor’s. Iremos, com certeza, na Galeria Paris e no Bufete Fase.Obrigado. Beijo

Deixe uma resposta