Vocês conhecem a junta local? Sabem o que é? Pois bem, nós também não sabíamos e só descobrimos recentemente.

A junta local é formada por um grupo de pessoas que se reuniu e formou uma comunidade que junta os produtores e os consumidores interessados em uma comida justa e local. Seguindo a tendência mundial, que é favorecer os produtores locais e os alimentos orgânicos, esta feira tem tudo que gostamos! O modelo é das nossas feiras convencionais, as barraquinhas de madeira com as coberturas de lona listrada. O diferencial fica por conta da apresentação e, claro, dos produtos.

JuntaLocal_cachaca

Curta nossa página no Facebook!

É preciso se inscrever no site ou acompanhar nas redes sociais para descobrir os locais onde ela vai estacionar. Uma coisa que achamos bem legal foi a oportunidade que eles deram para alguns refugiados apresentarem seus produtos por lá. Fomos na edição que aconteceu Casa França-Brasil!

JuntaLocal_CasaFrancaBrasil

Vamos agora contar o melhor da feira: as provinhas! Isto mesmo, todos os expositores fazem questão de oferecer os produtos expostos para degustação. E uma coisa que nos impressionou foi a quantidade de iguarias estrangeiras: Aperol, Pimm’s, vinho, vieiras, cervejas, queijos, tudo produzido localmente mas com um toque internacional!

JuntaLocal_Aperol

JuntaLocal_Piadina

JuntaLocal_Pimms

JuntaLocal_vieiras_01

Além das verduras e legumes, na feira encontramos várias barracas vendendo charcutaria (salsichas e linguiças), destaque para a linguiça de cordeiro e a salsicha branca.

JuntaLocal_verduras

Os alfajores Pampa são feitos e vendidos por uma verdadeira “Argentina”. Compramos o Maizenita, tradicional da região da produtora, apenas recheado de doce de leite e com coco ralado em volta e o de chocolate com cobertura de chocolate, também recheado com o famoso e delicioso doce de leite argentino.

JuntaLocal_alfajor

Duas barracas que vendiam queijos, uma com queijos tipo francês e na Queijo com Prosa, os queijos da serra da canastra e outros tipos, todos com preços bem legais! Aqui compramos alguns queijos para levar para casa e uma tábua de degustação de queijos para comer lá que custou R$20,00.

JuntaLocal_queijos

Para acompanhar a nossa tábua compramos uma taça de vinho rosê na VINHÉTICA. O vinho vem do Vale dos Vinhedos e é produzido por franceses, um vinho com a coloração rosê bem clarinho, muito parecido com o que nós tomamos na Provence e região. Harmonizou perfeitamente com a nossa tábua!

JuntaLocal_Vinhetica

Lanche comprado, nos acomodamos na grande mesa comunitária que foi montada bem no meio da feira, forradas com um charmoso tecido xadrez azul e branco, perfeito!

JuntaLocal_lanche

Faltava a sobremesa, que foi comprada num carrinho que vendia picolés artesanais com sabores bem diferentes. Compramos o de melancia com gengibre e o de mate com limão. Muito bons!

JuntaLocal_sorvete

Uma barraquinha que nos chamou a atenção também foi a RÉBIT que vende granolas artesanais doces e salgadas, biscoitinhos e pães. Provamos e gostamos muito!

Compramos também um mel silvestre mandaçaia do Sítio do Bicho Sem-Vergonha, Itamonte-MG, de uma coloração bem clarinha e um sabor delicioso!

Fizemos um programão e agora estamos aguardando a próxima para ver as novidades e provar o que o que não conseguimos!

Update em 17.12.15:

A próxima edição da Junta Local será no próximo domingo, dia 20.12, na Rua do Rosário! No site tem todas as informações!

 

Deixe uma resposta