A região de Bercy está localizada na margem direita do Rio Sena, no 12º arrondissement. Para chegar de metrô a estação é a Bercy ou Cour Saint-Émilion. Sugerimos um passeio completo pela região que inclui o Parc Bercy, o Bercy Village e a Cinémathèque e depois atravessar a Passerelle Simone-de-Beauvoir e ir à BNF.

No passado, esta região ainda não era incorporada à Paris, havia uma fortificação que guardava o lugar. Bercy estava localizado num local estratégico e vantajoso, perto de Paris, mas sem incidência das taxas cobradas na cidade. Aqui era onde funcionava o mais importante centro de estocagem e distribuição de vinho. O vinho chegava aqui pelo Rio Sena ou via férrea. Em 1919, com a demolição da fortificação e a incorporação deste pedaço à cidade de Paris, as vantagens acabaram e muitos negócios fecharam. Com o passar do tempo e o avanço da tecnologia, os produtores passaram a engarrafar e vender sua produção na origem e, com isto, o espaço acabou ficando abandonado. Anos mais tarde, no espaço surgiu um bairro com um parque com 14 hectares; os antigos galpões foram restaurados e hoje abrigam um pequeno shopping, o Bercy Village. A grande virada do bairro foi em 1984, com a construção do Palais Omnisports de Paris-Bercy- POPB (a maior casa de shows de Paris) e a construção do novo edifício do Ministério das Finanças.

Bercy Village
Bercy Village

 

Curta nossa página no Facebook!

Bercy Village – estação de metrô Cour Saint-Émilion. Localizado bem ao lado do Parc de Bercy. Este centro comercial foi aberto em 2001. As lojas funcionam nos antigos galpões que serviam para estocar os barris de vinho. Um shopping a céu aberto, que nada mais é que uma rua de pedestres. Ainda podemos ver no chão os trilhos da antiga via férrea que foram preservados. São mais ou menos trinta estabelecimentos entre lojas, restaurantes, além de ótimas salas de cinema. O shopping funciona de segunda a sábado de 11hrs à 21hrs e os restaurantes de segunda à domingo de 11hrs às 2hrs. Outras informações no site.

Les Prairies de Bercy1
Parc de Bercy
Foto: Sebjarod at fr.wikipedia

Parc de Bercy – 128 Quai de Bercy, estação de metrô Bercy ou Cour Saint-Émilion. O parque é gratuito e fica aberto diariamente, porém os horários mudam de acordo com a estação do ano. Todas informações no site.

O parque é um dos mais importantes de Paris, um projeto paisagístico concebido por arquitetos de renome. São 14 hectares de área, é composto de três jardins belíssimos, sendo que cada um com características diferentes, ligados por pontes. Tem também uma área para a prática de esportes, tais como futebol e para skatistas.

Dentro do parque ainda podemos encontrar resquícios do passado, como os trilhos da antiga via férrea que servia para transportar o vinho, os casarões, e um pequeno vinhedo no trecho próximo ao POPB (Palais Omnisport de Paris-Bercy), também conhecido como Arena Bercy.

Dentro do parque estão a Cinemathèque Française (projeto do renomado arquiteto FrankGehry) e o Musée de la Cinemathèque (51, Rue de Bercy; qua/seg – 12h/19h; metrô Bercy). O museu conta a história do cinema de uma maneira bastante interessante. O acervo de material é bem completo.

Passerelle Simone-de-Beauvoir
Passerelle Simone-de-Beauvoir

 

Depois do passeio pelo parque, siga em direção ao rio Sena para atravessar a Passerelle Simone de Beauvoir que é uma passarela de pedestres que liga o Parc de Bercy à BNF (12º ao 13º arrondissement) e tem arquitetura bem interessante e uma vista única do rio.

Bibliothèque nationale de France
Bibliothèque nationale de France

Foto: Jean-Pierre Dalbéra

A Bibliothèque Nationale de France (BNF), Quai François Mauriac. Para chegar pode ser pelo RER estação BNF, ou metrô estação Quai de laGare. A biblioteca foi construída na era Mitterrand, e é uma das obras pertencentes à Paris moderna. A gigantesca biblioteca ocupa uma área de 7,5 hectares e tem uma esplanada de 60.000 metros quadrados. A biblioteca foi projetada pelo arquiteto Dominique Perrault . São 04 prédios   dispostos de forma angular que formam dois grandes livros abertos e ao redor um jardim. O acervo da biblioteca conta com mais de 13 milhões de livros impressos e uma enorme quantidade de livros digitalizados. Maiores informações no site.

Às margens do Sena, bem perto da biblioteca, existem vários barcos/bares, bastante agradáveis para um chope no fim do dia, com vista para o Sena, claro se o tempo permitir!

Veja no mapa todos os locais indicados:

Mais passeios em Paris:
Galeries e Passages

Jardin Vertical e Canal Saint-Martin

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.