Hoje vamos falar de dois passeios bem legais em Paris. O primeiro não chega a ser um passeio, está mais para um pit stop para admiração da beleza da natureza, é o Jardin Vertical. O outro é o canal Saint-Martin, um point no verão e mesmo no inverno, um passeio bastante agradável.

Jardin Vertical

O Jardim vertical “Oasis d’ Aboukir” fica no 2ème, na esquina da Rue d’Aboukir e Rue des Petits Carreaux. A parede do prédio que fica bem nesta esquina foi toda coberta por vegetação. Este jardim vertical foi criado pelo botanista francês, Patrick Blanc, para a semana de arte e design em 2013. Um verdadeiro quadro vivo, um oásis no meio de tanto concreto. Aliás, do mesmo botanista existem vários outros em Paris e um deles fica no Musée Quai Branly (37 Quai Branly no 7 ème). Os trabalhos deste artista estão espalhados pelo mundo e nós já vimos os seguintes jardins: o de Madrid, que fica na parede da Caixa Forum; em Avignon, na parede de entrada mercado Les Halles e em Aix en Provence na Pont Max Juvenal. Ficou interessado em conhecer o artista e seus trabalhos espalhados pelo mundo? Veja no site do artista onde encontrar seus muros vegetais.

No sentido horário, começando na esquerda superior: Paris, Avignon, Madri e Aix-en-Provence
No sentido horário, começando na esquerda superior: Paris, Avignon, Madri e Aix-en-Provence

Curta nossa página no Facebook!

 

Estes jardins verticais são uma tendência mundial, além de enfeitar as fachadas eles ajudam a quebrar um pouco a monotonia do concreto existente nas grandes cidades. Quer ver um jardim vertical aqui bem perto? É só ir à recém-inaugurada loja do Supermercado Zona Sul na Rua Dias da Rocha em Copacabana – RJ, na fachada tem um belíssimo Jardim Vertical!

 

Canal de San Martin

O canal de San Martin está na moda! Com tempo bom, o local é ideal para piquenique, relaxar, curtir uma tarde de calor e bom tempo! Muitos ficam sentados à beira do canal jogando conversa fora bebendo algo… Outra opção é flanar, olhar as vitrines das lojinhas, observar o movimento dos bares com o pessoal descolado que circula por lá. À noite, a região também é bem movimentada, vale a pena ir para conferir.

canal_saint_martin_01

No dia que fomos infelizmente o tempo estava frio e feio, mas mesmo assim aproveitamos bastante. Para explorar o canal, uma das opções é descer na estação de metrô Jacques Bonsergent e entrarna Rue de lancry. As lojas no entorno ficam abertas normalmente até às 19 hrs.

Outra opção é começar o passeio pela Republique, estação de metrô Place de La Republique. Neste ponto o canal passa a correr por debaixo da terra, formando o Boulevard que vai até a Place de La Bastille. Para chegar ao canal, é só descer a Rue Faubourg du Temple.

As margens do canal são chamadas de Quai. A Quai de Valny é a margem esquerda que vai em direção a La Villete e a Quai de Jemmapes, a da direita. As ruas mais badaladas e que concentram o maior movimento são: Rue Lancry, Marseille, Beaupaire e Yves Toudic. Algumas sugestões de lojinhas no nosso post de compras ….

canal_saint_martin_plan

Se a fome apertar:

  • Chez Prune – 36, Rue Beaurepaire, seg/dom – 10/01h. Bar com decoração vintage e público descolado. Está sempre lotado, mas seja na calçada, dentro ou até mesmo encostado no balcão, sempre tem lugar para mais um. Chopp, vinho, cerveja ou caipirinha, não importa. O que interessa é beber e conversar. À noite servem tábuas de frios e queijos.
  • Hôtel du Nord – 102 Quai de jemmapes, é o mais badalado na região, bem às margens do canal.

canal_saint_martin_hoteldunord

  • Le Verre Volé – 67, Rue de Lancry (seg/dom. 12/14h30 e 19/22h30). Bistrô típico e bem conhecido, com boa comida e carta de vinho bastante variada. Tem menu du jour num quadro negro na porta e que muda de acordo com os produtos da estação.
Coquilles St-Jacques
Coquilles St-Jacques

 

Moules et Frites
Moules et Frites

Se a época e o tempo permitirem, você poderá incluir o passeio de barco que é feito pela empresa Canauxrama. O trajeto liga o Port de l’Arsenal (metrô Bastille) ao Bassin de La Villette (metrô Jaùres)ou vice-versa. As passagens podem ser de ida e volta ou só um trecho. No site da empresa tem um calendário com horários e dias de funcionamento.

Saindo do Bassin de la Villette, um pouco mais a frente fica o Parc de la Villette. Este parque é a segunda maior área verde de Paris, muito procurado para descanso e piquenique. Aqui é divertimento certo para família toda! O parque abriga vários prédios públicos voltados para a ciência e para música. O La Géole é um grande cinema 360° com uma cobertura esférica prateada. A Cité des Sciences e de d’industrie é um dos maiores museus de ciências da Europa. O Hall de la Chanson é onde está instalado o Centro Nacional do Patrimônio da canção Francesa e a sede do Conservatório de Paris. O Le Zénith é uma casa de concertos com capacidade para 6300 pessoas.

Mais passeios em Paris:

Passages e Galeries

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.