Não sei vocês, mas nós AMAMOS cachorro-quente! Em cada canto que vamos, provamos o sanduíche local, que sempre vem com uma pegada diferente, um ingrediente típico, molho local… E já que hoje é o dia nacional desta delícia, vamos passar hoje duas receitas internacionais para vocês: um cachorro-quente francês e um chileno, duas formas de deixar o cachorro quente ainda mais especial. Importante: escolha sempre uma salsicha de qualidade que o sabor do seu cachorro quente será bem melhor!

cachorro_quente_frances

Cachorro quente francês

Curta nossa página no Facebook!

Se é francês, tem que levar queijo e mostarda Dijon, certo? Então vamos lá. Abra o pão na metade e coloque uma salsicha (já cozida). Espalhe mostarda Dijon (pode ser a tradicional ou a l’ancienne) em cima da salsicha. Misture 1 copo de creme de leite fresco, queijo ralado tipo gruyère ou emmental, sal e pimenta-do-reino a gosto. Coloque a mistura por cima da salsicha. Polvilhe um pouco de queijo ralado em cima e leve ao forno para gratinar. Voilá! Um chien chaud delícia! Quer provar um em Paris? Experimente o da barraquinha embaixo da roda gigante ao final do Jardin de Tuilleries, é de comer rezando (e abanando a boca porque a mostarda é fortíssima!).

cachorro_quente_chileno

Cachorro quente chileno

Já para o chileno, é imperativo colocarmos abacate. Novamente, abra o pão e coloque a salsicha já cozida. Abra um abacate tipo Hass e retire e amasse a polpa com um garfo. Coloque o abacate por cima da salsicha. Adicione um pouco de ají pebre por cima (já demos a receita aqui). Se quiser fazer mesmo como os chilenos, coloque ainda maionese. Para provar uma dessas delícias (vienesa é como eles chamam por lá) em Santiago, pare em uma das centenas de lanchonetes Dominó no centro de Santiago e peça um italiano. Ah, pasmem, a vienesa brasileña vem com queijo e abacate!

Bom apetite! =)

Deixe uma resposta