Santiago é um dos destinos mais procurados aqui no blog, então resolvi falar com pouco mais da viagem que fiz pra lá em Setembro de 2013. Neste post vou dar uma ideia de roteiro para quatro dias em Santiago. No próximo post, falo sobre Viña del Mar e Valparaíso, que valem mais um ou dois dias de viagem!

santiago_roteiro_free_tour

 

Curta nossa página no Facebook!

Dia 1: Aproveite que é seu primeiro dia na cidade para começar com um city tour. Fizemos o Free Tour e a escolha foi perfeita. O tour não é igual àqueles city tours chatos e corridos. O percurso é feito a pé e o guia fala um pouco sobre os lugares por onde passamos. Num outro post falo mais sobre o Free Tour, porque vale a pena! No tour, você já vai passar por diversos pontos turísticos, depois você pode aproveitar e visitar La Chascona, a casa de Neruda que é o último ponto de parada do tour (a entrada custa 4.000 pesos). Há alguns restaurantes por perto para almoçar ou beliscar qualquer coisa (seu guia vai mostrar uma rua cheia de restaurantes no caminho). Depois, se ainda tiver tempo e fôlego, aproveite para ir ao cerro San Cristóbal. O funicular funciona de 3ª a domingo das 10h às 20h e 2ª das 13h às 20h (sobe a cada meia hora) e custa 2.600 pesos ida e volta. A vista 360o lá de cima é imbatível.

Free Tour
Free Tour

 

Free Tour
Free Tour

 

La Chascona
La Chascona

 

Cerro San Cristóbal - funicular
Cerro San Cristóbal – funicular

 

Cerro San Cristóbal - vista
Cerro San Cristóbal – vista

 

Dia 2: Ainda em Santiago, entre nos lugares que você não pode entrar no tour do dia 1. Visite o Mercado Central,  mas não almoce por lá. Os restaurantes mais chiques são caríssimos (e a comida nada demais) e os mais honestos não são lá muito bons. Há muitos restaurantes melhores espalhados pela cidade, até mesmo perto do Mercado. Mas vale a visita para ver diferentes frutos do mar e a famosa Centolla gigante. Suba o cerro Santa Lucia para mais uma linda vista da cidade. Se você gosta de compras, se perca pelo Paseo Ahumada e suas transversais para ver as vitrines e lojas, ou então visite o ShoppingParque Arauco ou Costanera Center.

Dia 3: Visite uma vinícola. Aqui já relatei nossa visita à Viña Undurraga. Você pode também optar por outra, como Concha y Toro ou Cousino Macul, que também são acessíveis por transporte público. À tarde, passeie pelo Barrio Italia, é tipo um Soho, com várias lojinhas de antiguidades, brechós e lojas descoladas. Não adianta ir lá de manhã, está tudo fechado. Percorra a Av. Itália a partir de Bilbao. O ponto principal do bairro é o cruzamento da Av. Itália com Caupolican. Aproveite um dos charmosos cafés para fazer uma pausa ou volte ao centro para tomar um café em um dos famosos café com piernas (cafés onde as atendentes vestem uniformes curtíssimos e as bancadas são abertas embaixo para que os homens possam admirá-las).

Passeio à Viña Undurraga
Passeio à Viña Undurraga

 

Café con piernas
Café con piernas

 

Dia 4: Se você vai na época de neve, deixe um dia para visitar uma das estações de ski. Se você gosta de esportes radicais e emoções fortes, opte por Valle Nevado, mas saiba que esta é a estação mais cara. Se você quer mesmo é se divertir na neve, fazer skibunda e tirar algumas fotos, Farellones é  sua escolha. Entre nesse site para verificar as condições de neve. Fui no início de Setembro e não consegui ir a Farellones, só tinha neve em Valle Nevado. No dia de virmos embora já tinha neve em Farellones de novo, mas já não dava mais pra irmos… =( Para ir a uma das estações você pode escolher diversas formas de transporte ou até mesmo contratar um tour ($$$). A Ski Total é uma das empresas que oferece transporte. Os preços para 2014 são $15.000 ida e volta para Valle Nevado e $13.000 para El Colorado/Farellones saindo da loja deles (Av Apoquindo 4900, Mterô Escuela Militar). Se você quiser sair do seu hotel, eles cobram um pouco mais, $22.000 para qualquer uma das estações. Você pode também ligar para a loja cedo para saber se há neve nas estações. A Snow Tours oferece o mesmo tipo de serviço. Saindo do ponto do Snowbus (Huerfanos 502) custa $15.000, saindo da loja deles da avenida Las Condes $14.000 e saindo do seu hotel $19.000.

Quer saber mais sobre Santiago? Veja os posts anteriores:

 

 

Deixe uma resposta