Um feriadão é a oportunidade perfeita pra muitas coisas: descansar, estudar, ficar com a família, passear, ver os amigos… Não falta tempo também pra uma curta viagem bate-volta! Já tem um tempo que me apaixonei pelos queijos de cabra, e ao saber que a Fazenda Genève, em Teresópolis, estava aberta a visitação e degustação e tinha até um restaurante, tive certeza que era o programa perfeito pra o feriado.

A fazenda fica entre Teresópolis e Friburgo, distante o bastante para ir e voltar do Rio mesmo dia. Lá você pode degustar diversos tipos de queijos de cabra (e comprar também), visitar o capril, ver a ordenha e a produção de queijos, e almoçar no restaurante Cremerie Genève. Como estava chovendo no dia, não aproveitamos muito a fazenda… ficamos somente com a parte gastronômica e uma curta visita ao capril.

rfazenda_interno

Curta nossa página no Facebook!

O restaurante serve pratos típicos da gastronomia francesa. A salada chrèvre chaud é uma delícia, um grande queijo crottin vem gratinado em cima de uma cama de folhas plantadas na própria fazenda. Os croquetes de chèvre tem o PLUS de serem feitos não somente com recheio de queijo, mas também casca de queijo! Como prato principal, pedimos paleta de cordeiro, magret de canard e tournedor au poivre. Todos muito bons! O pato um pouco mais passado do que deveria, mas nada que desmerecesse o prato. Para acompanhar, há diversas opções de cerveja e vinho. Não deixe de provar a cerveja produzida no local, pelo chef da casa. A sobremesa deixou a desejar. Pedimos um trio de mini sobremesas, um sorvete nougat, um creme brulee e um bolo de chocolate. Nada super apetitoso.

O restaurante oferece cursos também. A programação, infelizmente, não está no site… Quando visitar o local, peça para se inscrever na newsletter e receber mais informações. Soubemos de 2 cursos: produção de cerveja artesanal e culinária francesa.

2 COMENTÁRIOS

  1. Não conheço a serra do Estado e tenho que corrigir isso com urgência, especialmente depois dessa dica. Eles possuem o criatório com visitação, tipo a Casa da Ovelha, aqui do Sul? Mega legal! BjO!!!

Deixe uma resposta para Paula Brum Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.